Eventos

7º Intercâmbio da Amizade – Japão

Viajaremos o Japão de norte (Hokkaido) a sul (Oita) , passando por Tokyo, Yokohama, Sapporo, Kyoto, Hiroshima , Wakayama e Oita. Em Kyoto, visitaremos os famosos templos e faremos um intercâmbio com os alunos do curso de Língua Portuguesa da Universidade de Línguas estrangeiras, Kyoto Gaikokugo Daigaku.
Participem!!! É uma oportunidade de conhecer a cultura e os costumes do Japão!
Será uma viagem inesquecível!

38º Concurso de Oratória em Língua Japonesa – São Paulo / 11º Benron Taikai

Inscrição Encerrada!

O mundo todo espera a sua mensagem!

Este concurso é voltado para as pessoas que estão preparadas no estudo da língua japonesa, onde oferece oportunidade para o discurso em língua japonesa e tem como objetivo realizar e divulgar à sociedade brasileira parte da particularidade do ensino japonês.
O atual concurso de oratória é dividido em duas modalidades: “Benron Taikai” que segue as mesmas regras do “Concurso de Oratória em Língua Japonesa” iniciado em comemoração aos 100 anos da imigração japonesa no Brasil e “Concurso de Oratória em Língua Japonesa” que tem como tema de livre escolha, sendo necessário apresentar o resultado da aprendizagem do idioma japonês.

O vencedor da modalidade Benron será contemplado pela Service Global Turismo com uma passagem de ida e volta ao Japão. E, serão escolhidos também os candidatos que irão participar do Concurso Nacional de Oratória da Fundação Japão. Sempre contamos também com outros convites do Japão.

Estamos aguardando a sua inscrição.

Regulamento do Concurso Nacional de Alunos de Língua Japonesa-2017

≪INSCRIÇÕES ENCERRADAS≫

GRUPO A
Nascidos após
2009

GRUPO B
Nascidos entre
2008 e 2007

GRUPO C
Nascidos entre
2006 e 2005

GRUPO D
Nascidos entre
2004 e 2003

GRUPO E
Nascidos antes
de 2002

GRUPO Principiantes
Nascidos antes de 2004

  • Este grupo é somente para modalidades: Caligrafia em Pincel, Caligrafia a Lápis e Redação. (alunos que participam pela primeira vez)
  • Desenho e Mangá-animê: participar somente nos demais grupos

Objetivo: Elevar a motivação dos aprendizes do idioma japonês e formação de melhores cidadãos.

Oportunidade para aprimorar sua didática! Curso especial do CBLJ

Encerrado!

Prezados(as) Senhores(as)

 O Centro Brasileiro de Lingua Japonesa oferece o Curso Especial para os professores aprimorarem técnicas de ensino.
 Existem vários métodos e técnicas para ensinar o japonês. E quando? Onde? O quê? Como ensinar? Achamos que é a indagação de muitos profissionais.

  • Nas aulas de redação o método de escrita muitas vezes é de difícil entendimento e também é difícil encontrar livros didáticos com explicações minuciosas.
    Por exemplo, como utilizar adequadamente a folha de redação, como explicar aos alunos?
  • A capacidade de entendimento do japonês pode ser desenvolvida pelo desenho e manga-animê?
  • Como utilizar o material do shodô e também onde adquirir todo este material? 
  • Aumento da carga horária para treino da letra e do texto do kôhitsu. Esta forma realmente resulta num maior aprendizado?

 Um dos objetivos deste Curso Especial é o de poder auxiliar os professores em suas preocupações através de métodos simples e fáceis e à partir disso cada um deve ponderar os itens importantes.
 Realizaremos o curso especial das modalidades abaixo.
 Aos professores que pretendem elevar o seu nível de ensino bem como aqueles que ainda almejam ser professor de língua japonesa, sugerimos participar deste curso especial. Aguardamos a sua inscrição.

19º Seminário da Amizade (Encontro de Alunos de Língua Japonesa)

Promoção Centro Brasileiro de Língua Japonesa
Apoio Yakult S/A Indústria e Comércio, Reiyukai do Brasil, Sanwey Indústria de Containers
Ltda., Associação Cultural e Assistência da Liberdade (ACAL), Fancy Goods, Kaban-ya.
Objetivos ①Aproximar jovens da mesma geração, estimulando o uso da Língua Japonesa a partir
de experiências concretas; ②Dar oportunidade de conhecerem uma parte dos costumes
e da cultura japonesa; ③Formar jovens que possuam o espírito de cooperação e
organização; ④Despertá-los para a importância do idioma japonês e ajudá-los a se
inserir no contexto internacional.
Data 16 a 19 de janeiro de 2018
Local REIYUKAI DO BRASIL
Rua Vergueiro, 3507 – Chácara Klabin – São Paulo – SP –CEP.04116-000
Próximo ao metrô CHÁCARA KLABIN (Linha Verde) – aprox.5 minutos a pé
Requisito Ser aluno de uma escola associada ao CBLJ, com idade entre 13 a 17 anos (nascidos entre 2000 a 2004), capaz de conversar em japonês, compreendendo expressões básicas.
Vagas 100 pessoas    
Inscrição Mediante ficha preenchida e foto (3X4) entregue ao CBLJ, reunidas por regionais.
Ficha de Inscrição: Favor fazer download no site do CBLJ www.cblj.org.br
As regionais deverão juntar as fichas de inscrição e enviar para o CBLJ juntamente com a cópia do comprovante de depósito (dados para depósito segue abaixo) via correio. No caso de cancelamento não efetuaremos devolução da taxa de inscrição.
Faça download do informativo, programa e ficha de inscrição abaixo:
Informativo 19º Seminário da Amizade
Programação
Ficha de Inscrição para Alunos (PDF)
Ficha de Inscrição para Monitores (PDF)
Período 16 de outubro (segunda-feira) a 17 de novembro de 2017 (sexta-feira). 
Materiais

① Material para escrita, ② objetos de higiene, ③ cobertor, ④ lençol, ⑤ mudas de roupa, ⑥ roupa para ginástica, ⑦ travesseiro(caso necessite) ⑧ remédios de uso pessoal, guarda-chuva ou capa. (※ Os pertences deverão estar etiquetados com nome).
★ESPECIALMENTE PARA ESTE ANO: 1 kg de alimento não perecível para contribuição ao Ikoi no Sono, lápis 2B e borracha para workshop de mangá.
O colchão será providenciado pelo CBLJ. OBRIGATÓRIO USO CALÇA JEANS COMPRIDA na cerimônia de abertura/encerramento, visita a entidades e outros se houver necessidade.

Dinheiro Para eventuais despesas pessoais, cada aluno deve trazer em torno R$ 50,00 a R$ 100,00
Taxa

(Inclui hospedagem, refeições, transporte para visitas, ingressos e materiais)

Região A R$ 470,00
Capital e Periferias (ABC, Mogi, Suzano, Sudoeste da Capital, Central, Noroeste da Capital)
Região B R$ 420,00
(A diferença de R$ 50,00 será coberta pelo CBLJ como auxílio de custo por abranger regionais distantes)
Interior do Estado (Noroeste, Paulista, Sorocabana, Araraquara, Mogiana)
Outros Estados e Países da América Latina.
Monitor: Alunos acima de 18 anos e que tenham participado das edições anteriores. Aos interessados solicitamos preencher o formulário de inscrição específico para monitor que consta em nosso site www.cblj.org.br e enviar impreterivelmente para o CBLJ no e-mail evento1@cblj.org.br até o dia 10/11/2017(sexta). Analisaremos as inscrições e entraremos em contato com os alunos selecionados.

Realização do 36º Concurso de Oratória em Língua Japonesa – São Paulo / 8º Benron Taikai

O Concurso foi realizado no período vespertino do dia 20 de setembro de 2015 (dom) com a participação de 32 candidatos.
Congratulações aos classificados!! E, desafio continua no ano que vem, aguardamos a participação de todos!!
Veja no quadro os classificados do Concurso.

  1位 1º lugar 2位 2º lugar 3位 3º lugar
Grupo Benron 本田 稔
Elthon Minoru
堀田亮二
Ryoji Horita
川原 明
Mei Kawahara
Grupo A 飛瀬マリアジュリア
Maria Julia Tobase
大場ブルーナ亜由美
Bruna Ayumi Ouba
中原エデルソン一男
Ederson Kazuo Nakahara
Grupo B 横飛秀男
Rafael Hideo Yokotobi
西川ゆかりガブリエラ
Gabriela Yukari Nishikawa
広瀬清幸
Thiago Kiyoyuki Hirose

Relatório de 34º Concurso de Oratória em Língua Japonesa São Paulo & 7º Benron Taikai

第34回スピーチコンテスト、第7回弁論大会

Os dois concursos foram realizados na sede da Associação Cultural Hiroshima do Brasil em São Paulo no dia 22 de setembro. Participaram 31 estudantes da língua japonesa, representando suas escolas, dividido em Classe B, 11 pessoas e Classe A, 7 pessoas, da parte Speech e 13 pessoas da parte “Benron”. Neste concurso foi definido antecipadamente a limitação de candidato por cada escola, sendo no máximo 2 representantes por cada classe, consequentemente aumentou o número de escolas participantes e o nível do conteúdo apresentado foi elevado. Entre o conteúdo apresentado tiveram muitos temas relacionados com a cultura japonesa abstrato, declarando os sentimentos tradicionais típicos dos japoneses, utilizados na vida cotidiana entre os seus ascendentes e familiares. Principalmente na área de “Benron”, o nível do conteúdo e a oratória foram excelentes, provavelmente causaram dificuldades aos jurados para definir o primeiro lugar, que dariam uma viagem ao Japão ao campeão desta modalidade. A sede da Associação Hiroshima do Brasil ficou lotada de ouvintes, mas as oratórias feitas pelos nikkeis da terceira e quarta geração e dos não nikkeis, difundindo a cultura japonesa com tanta empolgação teria que ser ouvidos por todos os nikkeis do Brasil.

YUHO MOROKAWA