Concurso de Oratória em Língua Japonesa São Paulo & Benron Taikai: Relatório da Visita ao Japão do Melhor Classificado 2 – Education Guardianship Group (E.G.G.)

Registramos aqui o depoimento da visita ao Japão do Nikolas Maky Takinami, escolhido para representar o Brasil no “Concurso de Oratória dos Alunos do Curso Secundário no Exterior” promovido por Education Guardianship Group (E.G.G.).


Tive a chance de fazer a minha segunda visita ao Japão, onde soube apartir de minha professora, que fui escolhido pela JSA para participar do concurso internacional de oratoria em japonês. Fiquei muito emocionado ao perceber que poderia retornar a
aquele país fabuloso, o Japão.

2013_hounichi2_01

A minha primeira visita ao Japão foi pela Jica Seitokenshuu 2012 a 1 ano atrás. Onde fui com um grupo de 20 brasileiros, representar o país. Mas desta vez, como foi apenas eu para representar o Brasil, pude sentir um grande senso de responsabilidade.

Relatório da Visita ao Japão do Melhor Classificado 2 – Education Guardianship Group (E.G.G.)O concurso de oratória foi realizado na cidade de Kawasaki, no Solid Square Hole. Sendo eu o único nikkei ; os demais articipantes eram bem fluentes na lingua japonesa.

Nas atividades do programa de intercâmbio cultural da JSA, visitei vários lugares do Japão. Dentre elas Asakusa-Kaminarimon, no qual tirei várias fotos; Akihabara, onde fiz compras na famosa loja Yodobashikamera; Yokohama, onde tive a experiência de poder fazer o meu próprio chicken lámen em seu museu do cupnoodles. Sem contar a experiencia de entrar num Onsen (águas termais), as visitas nas escolas de ensino fundamental, ensino médio e faculdade; hanabi (fogos-de-artificios) e o Skytree (segunda maior torre do mundo) que ano passado estava em construção, e desta vez pude subir. Dentre as várias atividades, o simpósio internacional foi o que me permitiu um bom estudo. Ao apresentar a cultura, costumes, problemas sociais entre outras, do seu país, debatemos se esses fatores poderiam tambem ser aceitas a outros países, num tema chamado “A Receptividade das Diversidades”, no qual pude compreender mais os problemas socio-culturais dos demais países.

2013_hounichi2_03